Imagem de destaque PLANTANDO ESPERANÇA E CERCANDO VIDAS-ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE ABÓBORAS, PINHEIROS E TRÊS MARIAS

PLANTANDO ESPERANÇA E CERCANDO VIDAS-ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE ABÓBORAS, PINHEIROS E TRÊS MARIAS


 

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE ABÓBORAS, PINHEIROS E TRÊS MARIAS

 

NOME DO PROJETO:  Plantando Esperança e Cercando Vidas ;

PÚBLICO ALVO: Agricultores Familiares ;

OBJETO DA PARCERIA: Recuperar e preservar recursos hídricos nas comunidades Abóboras, Pinheiros e Três Marias por meio de ações educativas, tecnologias sociais e plantio de mudas; fomentando a produção agroecológica de alimentos e geração de renda para os agricultores familiares.

JUSTIFICATIVA:

A Educação Ambiental deve buscar um processo contínuo, transversal, integrado e, sobretudo, dialógico, na construção de uma consciência social voltada às ações de recuperação e preservação ambiental.

Num cenário de mudanças climáticas e ambientais globais, tornam-se imprescindíveis as ações de difusão de informações e de mobilização social, principalmente no que tange aos recursos hídricos, pois a água é o bem ambiental mais diretamente afetado pelas alterações do clima. Ela é vital para todos os seres vivos. Faz parte da constituição do corpo humano e de inúmeras atividades imprescindíveis para a sociedade humana, além de que o equilíbrio dinâmico dos ecossistemas naturais e a produtividade agrícola e industrial dependem diretamente do acesso à água. Neste sentido a sustentabilidade da vida depende de preservação e utilização eficiente da água.

O desenvolvimento do projeto está intrínseco à consolidação de novos modelos de desenvolvimento em base sustentável, principalmente no que se refere à gestão de recursos hídricos, se levarmos em conta que Montes Claros/MG está numa região que apresenta déficit hídrico como em demais território da região Norte de Minas Gerais.

A retenção de águas de chuva pelo solo torna-se cada vez mais difícil em razão da degradação ambiental que a região vem sofrendo ao longo dos séculos. Há, ainda, o agravante da maior parte do solo possuir embasamento de granito, com rala cobertura de terra.

A perspectiva rural dessa problemática tem se revelado muito preocupante, pois são as populações rurais, principalmente agricultores (as) familiares, as primeiras a sentir os impactos da diminuição da quantidade e qualidade da água, uma vez que dependem das fontes de forma direta para o consumo doméstico e produtivo.

As comunidades Abóboras, Pinheiros e Três Marias localizam-se na região sul do município de Montes Claros. São formadas, na grande maioria, por agricultores (as) familiares que contribuem para o abastecimento da cidade com diversos gêneros alimentícios. Diante do longo período de estiagem enfrentado por todos no Norte de Minas, com cada vez maior escassez de água, é necessário promover ações de educação ambiental, recuperação e preservação, tornando a comunidade local em agentes transformadores do meio ambiente.

O cercamento de nascentes e barraginhas, o plantio de mudas no entorno e zonas de recarga bem como realização de cursos de capacitação em educação ambiental subsidiará a cultura de proteção ambiental podendo gerar frutos a curto, médio e longo prazo.

OBJETIVOS:

  • Construir florestas sociais (plantio de espécies nativas frutíferas, não frutíferas e medicinais);
  • Revitalizar bacias de captação de água de chuva;
  • Promover o cercamento de nascentes;
  • Capacitar os agricultores em educação ambiental;
  • Promover a segurança alimentar;

Promover o desenvolvimento sustentável possibilitando a melhoria da oferta hídrica da região e progresso na qualidade de vida da população.

 

METAS E ATIVIDADES:

 1.  Sensibilização

Realização de reuniões com envolvimento das famílias e agendamentos de visitas nas propriedades

 2. Diagnóstico dos recursos hídricos

Visitas às propriedades e identificação de nascentes e barraginhas.

3. Cercamento de nascentes

Mutirão com as famílias para cercamento das nascentes.

 4. Revitalização de bacias de captação de água de chuva

Mutirão para retirada de entulhos e demais resíduos que poluem e prejudicam a captação e escoamento da água com qualidade.

 5. Composição de florestas sociais

Identificação de áreas de recarga e recuperação de áreas degradadas com plantio de mudas.

 6. Cursos de capacitação

Capacitações.

CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

METAS

 

ETAPA/

FASE

ESPECIFICAÇÃO

 

INDICADOR FÍSICO

DURAÇÃO

 

 

 

UNIDADE

QUANTIDADE

INÍCIO

TÉRMINO

Sensibilização

Convidar as famílias

Realizar reuniões com as famílias

Unid.

03

Junho 2019

Junho 2019

Diagnostico de recursos hídricos

Visitas

Visitar as comunidades identificando as nascentes

Unid.

03

Junho 2019

Julho 2019

Cercamento de nascentes

Construção

Realizar a construção de cercas ao redor das nascentes impedindo o acesso de gado e agentes poluentes

Metros

200

Julho 2019

Agosto 2019

Revitalização de bacias de captação

Limpeza

Realizar limpeza nas bacias de captação

Unid.

50

Julho

Setembro

Composição de florestas sociais

Plantio

Realizar o plantio de mudas nas nascentes com menos densidade de plantas.

Unid.

1.600

Outubro 2019

Janeiro 2019

 

Capacitação

 

Processo de formação para as famílias

- Apresentação e discussão do referido Projeto;

-Palestras e minicursos sobre técnicas de manejo sustentável e conscientização sobre a preservação ambiental e agroecológica dos recursos hídricos

Horas

16

Junho  2019

Dezembro 2019

Avaliação

Reunião

Avaliação do trabalho realizado e apresentação de resultados

Horas

04

Fevereiro 2020

Fevereiro 2020

Brasão Marco Regulatorio
É assim, com honestidade e trabalho, que a cidade voltou a funcionar!

Av. Cula Mangabeira, 211 - Centro - CEP: 39.401-002 | Montes Claros - MG-Brasil